Rating: 3.3/5 (5011 votos)




ONLINE
7




Partilhe esta Página

  

 

 

 
 

SAÚDE EM SALESÓPOLIS
SAÚDE EM SALESÓPOLIS

 

Caos na Saúde em Salesópolis

Presidente da Câmara pede audiência com prefeito Rafael

Presidente da Câmara "Marcelo do Quico" preocupado com a atual situação da saúde

Karyn Cristina ainda continua no comando da Secretaria mais importante de Salesópolis

O presidente da Câmara de Salesópolis Francisco Marcelo de Morais Corrêa, PTB, durante a Sessão de segunda-feira, 11, falou na Tribuna da situação caótica que se encontra a saúde do povo de Salesópolis que não sabe mais a quem recorrer.

O vereador disse que ninguém está reclamando da Educação (escolas) ou das estradas rurais, mas em compensação a situação em que se encontra a saúde de nosso município faz com que as pessoas comparem com o governo do então prefeito Antônio Adilson de Morais, como sendo esta pior do que do ex-prefeito.

Marcelo falou ainda que todos os vereadores terão que ter muita coragem para pedir votos a seus candidatos, pois a população está revoltada com a situação em que passa a saúde de Salesópolis e isso irá influenciar diretamento nos candidatos a deputados que estarão pedindo seus votos em nossa cidade.

O mais grave de toda a fala do presidente Marcelo foi quando disse que até os médicos cubanos estão determinando um certo número de pacientes para serem atendidos e que os mesmos não podem mais atender aos funcionários publicos que precisam procurar a Santa Casa para poderem se consultar.

A situação está se agravando a cada dia que passa e o que podemos ver é que atualmente cerca de seiscentas (600) mulheres estão esperando na fila para serem atendidas por um ginecologista. 

"A situação na Secretaria de Saúde é de uma gravidade que os próprios funcionários estão se revoltando contra a Secretária Municipal de Saúde de Salesópolis Karyn Cristina de Miranda Fonseca Camargo", o vereador concluiu que as brigas internas ao invés de melhorar estão piorando a situação da saúde em nossa cidade e disse que irá pedir uma audiência com o prefeito Benedito Rafael da Silva, PR, para tentar ao menos amenizar a atual situação.

A equipe do Jornal do Povão estará entrando em contato com o presidente da Câmara Francisco Marcelo e com a Assessoria do Prefeito Rafael para acompanhar a reunião entre ambos e manter informado a população a respeito das próximas providências que serão tomadas em relação a melhoria na saúde de Salesópolis.


ENQUETE

Medicamentos no Centro de Saúde é prioridade para população

A Enquete realizada pelo Jornal do Povão mostrou mais uma vez que a população de Salesópolis está preocupada com o atendimento que está sendo dispensado pela atual administração em relação a saúde.

Dos internautas que participaram desta nova enquete  47.06% querem que a prefeitura dê maior atenção a falta de medicamentos no Centro de Saúde que já ocorre há nove meses e até agora o que a população ouve dos funcionários e autoridades é que em alguns dias estará chegando os remédios.

Enquanto isso quem não tem condições de comprar remédios como fica? É preciso olhar para as pessoas mais necessitadas de nossa cidade e especialmente aquelas que necessitam do mínimo de atendimento quando se trata de saúde pública.


Caos na Saúde

Falta de medicamentos prejudica população de Salesópolis

Desde do início do ano é constante a falta de medicamentos no Centro de Saúde de Salesópolis e que deixa as pessoas que necessitam de tratamentos revoltadas e sem saber a quem recorrer.

Estamos publicando uma lista de medicamentos que não são encontrados no Centro de Saúde que vai desde AAS até remédios para o coração de grande importância para o tratamento dos pacientes que jamais podem interronper o tratamento.

O que realmente a população de Salesópolis espera é que a atual administração tome providências urgentes e tenha mais controle sobre os medicamentos para antes mesmo de terminar o estoque realizar novas compras.

Lista de Medicamentos que estão em falta no Centro de Saúde de Salesópolis

 Seringa Agulhada de Insulina 8,0 x 0,33

Seringa Agulhada de Insulina 12 x 0,33

Ambroxol Infantil

Dexclorfeniramina xarope

Dipirona

Fluconazol 150 mg

Glicazida 30 mg

Claritromicina 500 mg

Clindamicina 300 mg

Beclometasona nazal 50 mcg

Polivitaminico comprimido

Lacrima colírio

Levedo + Benzerazida 200/50 mg

Miconazol pomada ginecológica

Permitrina 5%

Timolol colírio 0,25%

Prednisona 20 mg

Ranitidina 150 mg

Tiras de dextro

Naltrexona 50 mg

Alupurinol

AAS 500 mg

Carbonato de Cálcio 500 mg


Santa Casa - Os problemas continuam

Pacientes reclamam na demora em atendimento

Os pacientes que necessitam serem atendidos pelos médicos na Santa Casa de Salesópolis não param de reclamar da demora dos profissionais da saúde em atendê-los.

Atualmente a Santa Casa conta com dois Clínicos para atendimento no Pronto Socorro o que não justifica a demora no atendimento.

O que o povo de Salesópolis esperava era que após a intervenção da prefeitura na Santa Casa de Misericórdia Frederico Ozanan alguma coisa melhorasse, mas o que podemos constatar é que nada mudou e em alguns casos os pacientes dizem que piorou o atendimento.

O que a população também está aguardando é a volta das internações em nossa cidade como acontecia até o final do ano passado, mas até agora a atual administração e o interventor da Santa Casa nada resolveram sobre o caso.


Continua a falta de remédios no Centro de Saúde

Desde o início do ano a falta de alguns medicamentos essenciais está prejudicando os pacientes que necessitam de continuidade em seus tratamentos.

Como sempre acontece ao irem retirar os remédios no Centro de Saúde a informação dos funcionários é a mesma que dentro de aproximadamente quinze dias estará chegando uma nova compra dos medicamentos.

Os funcionários não tem culpa nenhuma da má administração do Departamento de Saúde que espera primeiro acabar os remédios para depois efetuarem novas compras.

E com medo de represálias nenhum funcionário quer comentar o porque da falta de medicamentos.

Além da população já não contar com um número essencial de médicos e não podermos internar nossos pacientes em Salesópolis agora impera a "Lei do Silêncio" na atual administração.

Pelo que estamos vendo em Salesópolis a política do quanto pior melhor está imperando em nossa cidade e quem sempre sofre com o descaso das autoridades é o povo que deposita nos políticos suas últimas esperanças de um futuro melhor, e de bom nada acontece.


SAÚDE : O drama do dia a dia

Idoso não consegue marcar exame em Salesópolis

Um idoso de 88 anos, aposentado, ganhando um salário mínimo, que contribui a vida toda pagando seus impostos em dia não pode ter seu pedido de exame atendido pela Secretaria de Saúde de Salesópolis.

Necessitando de realizar exames o mais rápido possível um funcionário da Secretaria de Saúde disse que apenas a partir do mês de agosto serão marcados os exames.

Chegamos a seguinte conclusão: Não mudou nada e o que estava ruim continua pior, e agora uma pessoa de 87 anos com problemas de saúde tem que esperar até o próximo mês para marcar ainda o dia que fará os exames pedidos há duas semanas.

Se fosse um preço que pudesse se pagar com certeza esse aposentado já teria realizado em qualquer clínica especializada mas como o valor é alto e ganha apenas um salário mínimo por mês fica difícil a situação.

Será que algum político de nossa cidade ficaria esperando a data marcada pela Secretaria de Saúde com seu ente querido doente e necessitando de um exame rápido?


Vereador pede a Deputado para que médicos continuem em Salesópolis

A partir do dia 4 de julho cerca de vinte e oito médicos nas mais diversas especialidades não estarão mais atendendo a população de nossa cidade.

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, através da Resolução 044 determinou que os mesmos voltem a trabalhar em seus postos de origem, e, no caso dos profissionais de Salesópolis, irão trabalhar no Hospital Dr. Arnaldo no Município de Mogi das Cruzes.

Essa medida irá causar um grande impacto negativo no sistema de saúde de Salesópolis que há tempos vem passando por grandes dificuldades.

O vereador Cristian Luiz Candelária, Kiki, PV, (foto) disse a reportagem do Jornal do Povão que em contato com o Deputado Estadual André do Prado, PR, solicitou para que o mesmo venha a interferir junto a Secretaria de Estado da Saúde para que os médicos ou parte deles que prestam serviços em nossa cidade possam continuar atendendo no Centro de Saúde.


Esclarecimento ao povo de Salesópolis

MÉDICOS CONTINUARÃO ATENDENDO A POPULAÇÃO DE SALESÓPOLIS

Enquanto atendia seus pacientes no Centro de Saúde de Salesópolis uma Ginecologista pertencente ao quadro de funcionários do Estado  disse que não iria mais trabalhar em nossa cidade e que o culpado seria o vereador Cristian Luiz Candelária, Kiki, PV.

MENTIRA

Como todos sabem que a determinação partiu da Secretaria de Estado de Saúde através da Resolução 044 e obrigou que os Médicos voltassem a trabalhar em seus postos de origem, e, no caso dos profissionais de Salesópolis, iriam realizar seus plantões no Hospital Dr. Arnaldo no Município de Mogi das Cruzes, pois os mesmos não cumpriam suas cargas horárias no atendimento.

O Deputado Estadual André do Prado, PR, em reunião com o Secretário de Estado da Saúde Giovanni Guido Gerri, dicidiram que os 20 médicos que trabalham em Salesópolis continuem prestando serviços a nossa população.

Ao contrário que a Dra. Ginecologista disse a seus pacientes de que era o vereador Kiki que tivera mandado embora os médicos para Mogi das Cruzes agora fica esclarecida à verdadeira “história” encerrando de vez esse mal entendido.

Esperamos que a partir de agora haja fiscalização por parte da prefeitura para que os médicos cumpram sua jornada de trabalho como solicita a Secretaria de Estado da Saúde e que os mesmos não sejam de vez remanejados novamente para Mogi das Cruzes, vamos aguardar e fiscalizar.


DINHEIRO PARA A SANTA CASA

Aprovado na segunda-feira na Câmara de Salesópolis,

verba será insuficiente para atender a população

Na Sessão da Câmara de Salesópolis de segunda-feira 17, os vereadores aprovaram por 11 votos o Projeto de Lei que autoriza o Executivo a repassar dois milhões e cem mil reais à Santa Casa de Salesópolis em doze parcelas, sendo seis de duzentos mil e mais seis de cento e cinquenta mil reais.

Os próprios vereadores acharam que a verba é insuficiente para melhorar o atendimento na Santa Casa, visto que precisaria de muito mais recursos.

No momento terá prioridade o Pornto Atendimento, laboratório e a contratação de pediatra e cardiologista, para que a população possa ser atendida com dignidade.


Nova Secretaria de Saúde prometemais trabalho e

dedicação ao povo de Salesópolis

Karyn Cristina de Miranda Fonseca Camargo, Secretária de Saúde de Salesópolis

A recente empossada na Secretaria de Saúde de Salesópolis,  Karyn Cristina de Miranda Fonseca Camargo, disse a reportagem do Jornal do Povão durante a Audiência Pública para prestação de contas dos primeiros quatro meses, que sua prioridade será a humanização no atendimento a população de Salesópolis.

Quanto à falta de medicamos no Centro de Saúde, Karyn disse que até o mês de julho tudo estará voltando ao normal, visto que a mesma está apenas alguns dias frente de uma das Secretarias mais complexas de Salesópolis.

É realmente isso que espera há décadas a nossa população que vem sofrendo com os mais diversos casos de mau atendimento seja no Centro de Saúde ou na Santa Casa Frederico Ozanan.

Não precisamos de promessas, mas sim de um atendimento adequado com dignidade a todos os pacientes pelos funcionários públicos e encaminhados da melhor maneira possível para que possam realizar seus exames.

 

topo