Rating: 3.4/5 (4256 votos)




ONLINE
6




Partilhe esta Página

  

 

 

 
 

ECONOMIA
ECONOMIA

Gerar empregos e atrair turistas

Vereador quer aquecer a economia com pesca consciente

Vereador Claudinei José de Oliveira, DEM "Nei Zé Anísio"

O vereador Claudinei José de Oliveira, DEM, “Nei Zé Anísio”, foi procurado pela reportagem do JP após uma publicação em seu facebook onde o mesmo flagrou pescadores profissionais na Barragem do Rio Paraitinga, Barragem do Aterrado e da Usina, lançando grandes redes o que futuramente pode contribuir para a diminuição de peixes e espécies e ainda afastar os turistas de finais de semana que vem com familiares para pesca de lazer.

Nei disse a nossa reportagem que: “Vários pescadores amadores da cidade me procurou e não entende o porquê não podemos fazer as represas renderem a favor da economia local, com a geração de empregos e assim atrair mais turistas”.

“Por esse motivo estou procurando os órgãos competentes estaduais para fazer de nossa represa duas vertentes, ou seja,”:

“Desenvolver como geração de emprego e renda para a nossa população visto que temos três represas dentro do território da Estância Turística de Salesópolis, onde trabalharia com financiamento para os pescadores ter seus tanques e redes, sendo que o governo estadual e o ministério da pesca enviasse recurso para as famílias que vivem a margem das represas ou vive da pesca para sobreviver”.

“Outra alternativa seria a pesca esportiva como ocorre em algumas cidades e estados”.                       

“Essas são algumas das propostas, visto que o atual prefeito Vanderlon Oliveira Gomes que foi vereador entre 2005 e 2012 tinha um projeto que não saiu do papel, pois teria que ter o apoio de uma empresa estatal, e que nós vereadores da época apoiamos que seria chamado de Navega São Paulo, um programa da secretaria de esporte e lazer do estado”.

“Como a Sabesp tem um compromisso na renovação do Contrato com a Estância Turística de Salesópolis pode ser a parceira, com o projeto de colocar o esporte aquático na represa com aulas diariamente”.                    

“Ressaltamos ainda que o estado deve a Estância Turística de Salesópolis uma área de lazer e existe um projeto turístico parado nos órgãos governamentais para esse fim”.

“Sendo assim nossa proposta a ser discutida com a comunidade e profissionais dessa área junto ao estado para a geração de emprego, lazer e assistência finaceira aos pescadores”.                       

“Quero deixar bem claro a todos que o governo tirou a terra que era produtiva e colocou a água para o povo da região metropolitana da Grande São Paulo, mas esqueceu de proporcionar trabalho e atenção aos atuais profissionais e aos demais segmentos e gerações”.                        

“Então cabe as secretarias locais discutirem e elaborar politicas públicas a favor do agricultor, pescador e diversos criadores, bem como fortalecer o turismo para que Salesópolis não venha perder o título de Estância Turística”.

Para que tudo dê certo na Estância Turística de Salesópolis é preciso que haja união de todos no sentido de organização e assim juntos lutarem pelo mesmo ideal, visto que com a reeleição do presidente do Comtur Gilberto Fujisawa é esperada que nos próximos dois anos haja uma transformação total na cidade e que realmente seu povo possa orgulhar de chamar Salesópolis de Estância, ou seja uma ideia que vai atender a todos os pescadores da Estância.

 

topo